BN20 | Você bem perto da notícia

Desafiante atropela e nocauteia Ronda Rousey no UFC 193

Publicada em 15/11/2015 ás 09:48:39

 

O card principal do UFC 193 parecia caminhar para mais um evento sem grandes surpresas para os fãs de MMA. Realizado no Etihad Stadium, na cidade australiana de Melbourne, a parte final do show contou com um verdadeiro passeio dos favoritos até chegar no combate final da noite deste sábado (14), quando Ronda Rousey sofreu um verdadeiro atropelo no octógono e se despediu do cinturão dos pesos-galos (61 kg).

Sem dar espaços para a então campeã, Holly Holm adotou receita perfeita no octógono e não deu espaços para Ronda. Ex-número um do mundo no boxe, a veterana abusou do jogo de pernas e evitou todas as tentativas de quedas da judoca, se livrou de um armlock e castigou em pé até que a rival desabou no segundo assalto.

A luta

Estilos fazem lutas, e Holly provou isso em sua máxima potência. Grande azarona da noite, a ex-boxeadora usou seu jogo de pernas para confundir a rival, que caminhou para frente o primeiro round inteiro e não viu a cor da bola. Depois de dois minutos, ronda diminuiu o ritmo, e a partir daí, Holly sobrou.

Com cruzados de esquerda nos golpes de saída, chutes baixos para minar a movimentação da judoca e muita agilidade, Holm sempre andou para trás e mostrou precisão e volume de golpes de dar inveja, tanto que no segundo assalto a luta se transformou em massacre.

Punida e castigada, Ronda desabou, e saiu do octógono sem dar seu tradicional discurso, deixando toda a festa para a nova sensação do UFC.

“Para chegar aqui recebi tanto amor e carinho. Não poderia fazer nada disso sem eles. Tive os melhores treinadores do mundo. Todo esse time. Meu marido, pai, treinadores, mãe… Muito obrigado”, gritou caindo em lágrimas a nova campeã do UFC.

Joanna domina mais uma vez

 

Em duelo mais duro do que todos imaginavam, a canadense Valerie Letourneau engrossou o caldo para cima da campeã peso-palha (52 kg) do UFC Joanna Jedrzejczyk, que viu a desafiante não se intimidar na trocação e travar cinco rounds de uma verdadeira guerra em pé.

Durante todo o combate, Letorneau atacou com menor volume, mas buscou golpes na longa distância e clinches quando a polonesa encurtava a distância, cansando a campeã e proporcionando seu desafio mais duro até agora na carreira, que já acumula 11 vitórias em cartel sem derrotas.

Com jogo de pernas impecável, Joanna sempre foi a agressora e mostrou volume e contundência incomparáveis para a divisão, garantindo vitórias em todas as parciais entre o segundo e quinto assaltos. Seu próximo desafio, ainda sem data confirmada, será contra a brasileira Claudia Gadelha, em revanche da disputa realizada em dezembro de 2014 e vencida pela campeã em decisão dividida (e polêmica).

Decepção brasileira

Único brasileiro presente no card do UFC 193, Antônio ‘Pezão’ não rendeu o esperado e acabou superado ainda no primeiro round por Mark Hunt, bem diferente do primeiro encontro entre os pesos-pesados, ainda em 2013, que terminou em empate após cinco rounds de muita trocação.

Mais leve do que de costume, o neozelandês andou para frente a luta inteira e cercou o paraibano durante toda a duração do confronto. Acuado e minado pelos chutes do rival, Pezão diminuiu a movimentação até que o explosivo oponente encontrasse o momento correto de aplicar seu temido golpe de direita que encontrou o topo de sua cabeça.

Vaias da torcida

O duelo entre os pesos-pesados Jared Rosholt e Stefan Struve abriu o card principal do UFC 193 e não agradou. após três rounds monótonos em que ambos os lutadores deixaram a desejar técnica e fisicamente, o público não se cansou de vaiar o desempenho visto no octógono desde o segundo assalto.

Com o wrestler bem mais em dia do que o do gigante holandês, Rosholt derrubou e dominou por cima durante os dois primeiros assaltos, mas não mostrou contundência. Na terceira e última etapa, já cansado, o americano deu brechas para o rival que, embalado por um triunfo sobre Minotauro noBrasil, não teve forças para aproveitar. Embate fraco que deixa claro o drama que vive a divisão dos pesos-pesados no evento.

Confira os resultados completos:

Holly Holm nocauteou Ronda Rousey no 2° round;
Joanna Jedrzejczyk venceu Valerie Letourneau por decisão unânime;
Mark Hunt nocauteou Antonio ‘Pezão’ no 1° round;
Robert Whittaker venceu Uriah Hall por decisão unânime;
Jared Rosholt venceu Stefan Struve por decisão unânime;
Jake Matthews nocauteou Akbarh Arreola no 2° round;
Kyle Noke nocauteou Peter Sobotta no 1° round;
Gian Villante nocauteou Anthony Perosh no 1° round;
Danny Martinez venceu Richie Vaculik por decisão unânime;
Daniel Kelly venceu Steve Montgomery por decisão unânime;
Richard Walsh venceu Steve Kennedy por decisão unânime;
James Moontasri nocauteou Anton Zafir no 1° round;
Ben Nguyen finalizou Ryan Benoit no 1° round.

 

Publicidade

 

Portal BN20
Related Posts with Thumbnails

Leia Também

23/08

22/08

22/08

21/08

21/08

21/08

20/08

20/08

17/08

16/08


Publicidade